Recentes:
Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

últimas notícias..

Corpo de Bombeiros de Irati recebe viatura para reforçar o atendimento à população

Publicado por Redação - quinta-feira, 21 de agosto de 2014 | 18:37

Na manhã desta quinta-feira, 21, o Corpo de Bombeiros de Irati recebeu uma nova viatura do tipo ABTR – Autobomba Tanque e Resgate para reforçar o atendimento à população. O equipamento veio através do recurso do governo do estado a pedido do governo municipal irá atender não só Irati, mas também toda a região centro-sul.


@ Secom Prefeitura de Irati
 Em fevereiro deste ano, o Prefeito Municipal de Irati, Odilon Burgath, esteve em Ponta Grossa, para solicitar ao comando uma viatura que pudesse atender toda a população Iratiense. “Nós queríamos que Irati entrasse nas prioridades para o reequipamento do Corpo de Bombeiros, e agora aconteceu, e essa solicitação por ser importante e atender não só a nossa cidade, mas toda a região centro-sul se concretiza hoje, então nós agradecemos e ficamos satisfeitos com a entrega do bem do veículo nesta manhã”, explica Odilon.


@ Secom Prefeitura de Irati
A viatura tipo auto bomba tanque resgate, marca Volkswagen Constellation, modelo 17-330, foi adquirida pelo governo do estado, com o valor de aproximadamente R$800.000,00 e atuará operacionalmente no atendimento a ocorrências na área do 3º Subgrupamento de Bombeiros. O secretário da Segurança Pública do estado do Paraná, Leon Grupenmacher, conta a importância do investimento para a região. “É o complemento do investimento da secretaria em equipamentos, integrando o que há de mais moderno a nível de especificamente do corpo de bombeiros não só para combater incêndio, mas também é um caminhão preparado para resgate, inclusive automotor, com desencarcerador dentre outras coisas,” conta Leon.
Entrega de ofício
O Prefeito Municipal de Irati, Odilon Burgath, aproveitou a presença do secretário de Estado de Segurança Pública para entregar um ofício, solicitando o Caminhão de Operação e Monitoramento utilizado na Copa do Mundo de 2014 que somará, de forma significativa, em serviço os munícipes.
A solicitação visa atender a segurança da primeira Festa da Padroeira de Irati, onde são esperadas mais de 10.000 pessoas para o show do Padre Antônio Maria.

Secom Prefeitura de Irati

Ministério Publico investiga indícios de superfaturamento em contrato entre o Município de Rebouças e a M.P.B Editora (Jornal Folha de Irati)

Publicado por Redação - quarta-feira, 20 de agosto de 2014 | 19:27


Preço pago pelo Município de Rebouças para publicação de editais é seis vezes maior do que o pago por Teixeira Soares e Irati. Em Fernandes Pinheiro, o preço é cinco vezes maior. Nos dois municípios, os prefeitos pertencem ao mesmo grupo político do proprietário da M.P.B Editora (Jornal Folha de Irati)

A Prefeitura Municipal de Rebouças paga aproximadamente seis vezes mais caro para publicar os atos oficiais do que outros municípios da região Centro Sul do Paraná e o Ministério Público está investigando o caso. Apesar de outras empresas de comunicação terem demonstrado interesse em prestar serviços de publicação de atos oficiais (editais, decretos, extratos de contratos) a preços mais baixos, o Município de Rebouças renovou, por doze meses, em 05 de julho de 2014, o contrato nº 77/2013 no valor de R$75 mil, com a M.P.B. Editora  (Jornal Folha de Irati).

Cópia da renovação do contrato
Através deste contrato, o preço pago para a publicação de uma página de editais custa aos cofres públicos, em Rebouças, aproximadamente R$ 1.170,00 (mil cento e setenta reais). Nos municípios de Irati e de Teixeira Soares a mesma página de editais custa cerca de R$ 200,00 (duzentos reais). Em 2014 ocorreram processos licitatórios tanto em Irati, como em Teixeira Soares, em que empresas diferentes foram contratadas. Em Irati a publicação é feita pela empresa Irati Hoje Ltda. (Jornal Hoje Centro Sul) e em Teixeira Soares pela Editora Jornal da Manhã (Jornal da Manhã, de Ponta Grossa). Ambas as empresas venceram as respectivas licitações oferecendo o preço de R$ 0,13 (treze centavos) o centímetro quadrado de publicação. Em Rebouças, o preço cobrado pela M.P.B. Editora é de R$ 3,75 (três reais e setenta e cinco centavos) o centímetro/coluna, o que corresponde da R$ 0,75 (setenta e cinco centavos) o centímetro quadrado.
"Procuramos o prefeito de Rebouças, Claudemir dos Santos Herthel (PSDB), informamos que preços que o município paga são elevados e esperávamos que houvesse abertura de processo licitatório em julho de 2014. Mas, mesmo assim, em detrimento à possibilidade de custos menores e propostas mais vantajosas ao Município, Herthel optou pela renovação do contrato com a M.P.B. Editora", afirma Ciro Ivatiuk, diretor do jornal Hoje Cento Sul. Ivatiuk acredita que a renovação possa ter ocorrido por questões políticas, considerando que o proprietário da M.P.B. Editora, Nilton Cesar Pabis,   pertence ao mesmo grupo político do prefeito. Pabis é filiado ao PSD e coordenador político da campanha de Beto Richa na região Centro Sul.
Impossibilitados de participar de concorrência pública, em que poderiam oferecer ao Município de Rebouças preços menores para a prestação de serviços de publicação de atos oficiais, os diretores da empresa Irati Hoje Ltda. o bacharel em Direito Ciro G. Ivaituk e a bacharel em Jornalismo Letícia S. Torres informaram ao Ministério Público a grande diferença dos preços praticados na região, que chega a mais de 400%. A Promotora de Justiça da Comarca de Rebouças, Gabriela Cunha Melo Prados instaurou o ato nº MPPR-0119.14.000039-7 para a investigação do caso.
"O Ministério Público atuante coíbe atos inadequados, que favoreçam empresas em processos licitatórios e prejudiquem o erário público. Toda cidadão que observar qualquer prática 'estranha' pode e deve procurar a Justiça", destaca Ivatiuk.

Coincidência em Fernandes Pinheiro
Em Fernandes Pinheiro o contrato firmado entre o Município e a M.P.B. Editora, é similar ao praticado em Rebouças e também foi renovado neste primeiro semestre de 2014.  O Município de Fernandes Pinheiro mantém o contrato 82/2013, no valor de R$ 61 mil (sessenta e um mil) por ano, o que corresponde a aproximadamente R$ 950,00 (novecentos e cinquenta reais) por página de editais. O preço é de R$ 3,05 (três reais e cinco centavos) o centímetro/coluna. Isso significa que uma página de editais para Fernandes Pinheiro custa aproximadamente cinco vezes mais do que para Irati e Teixeira Soares.
O preço pago por Fernandes Pinheiro, bem maior do que o dos municípios vizinhos, também foi informado pelo Jornal Hoje Centro Sul ao Ministério Público da Comarca de Teixeira Soares.
Além disso, outro dado que levantou suspeita foram os editais de licitação de Rebouças e Fernandes Pinheiro. Lançados em 2013 e elaborados por responsáveis pelos setores de licitação de cada um dos municípios, os editais de licitação são praticamente iguais. Comparando os termos de referência do Pregão Presencial nº 26/2013, de Fernandes Pinheiro, e do Pregão Presencial nº 24/2013, de Rebouças, encontramos, inclusive as mesmas palavras, coincidentemente (ver imagens).
Também coincidentemente, os prefeitos destes municípios Claudemir Herthel (PSDB) e Oziel Neivert (PSD) pertencem ao mesmo grupo político do proprietário da M.P.B. Editora, Nilton Cesar Pabis (PSD) - coordenador político da campanha de Beto Richa na região.  

Ministério Público esclarece como devem ser as licitações
Rafael Muzy Bittencourt, promotor substituto da 33ª Sessão Judiciária de Irati, explica que a licitação é uma forma de aquisição bens e serviços, visando o menor custo para os cofres públicos. “É um meio de garantir a impessoalidade. Assim, o administrador assume a responsabilidade de contratar o mesmo serviço, com a mesma qualidade e o menor preço, sem perseguir ou privilegiar alguém. Dessa forma, garante a ampla concorrência e a proposta mais vantajosa – custo x benefício”, diz.
As licitações são regulamentadas pela Lei 8.666/1983, que demonstra as normas e exigências para a aplicação de uma licitação. Rafael afirma que antes de iniciar a competição dentro da licitação, as empresas passam por análise prévia. “Isso acontece para o órgão público certificar se as empresas atendem as exigências pedidas em edital. Isso garante que todas compitam com igualdade”, completa.
O promotor explica que quando uma denúncia de irregularidade em licitação é apresentada ao Ministério Público, o órgão imediatamente inicia a fiscalização. “Após recebido o comunicado, temos três opções: instaurar um inquérito civil, procedimento administrativo ou notícia de fato. Isso vai depender do motivo da denúncia e tamanho do caso. Após decidido, iniciamos a avaliação e investigação, solicitando documentos e respostas dos envolvidos”, finaliza.


Letícia Torres e Kyene Becker/ Hoje Centro Sul


Chama a atenção o fato de que os editais dos Pregões Presenciais realizados em 2013 nos municípios de Rebouças e de Fernandes Pinheiro (abaixo) tenham exatamente a mesma grafia. Nas imagens os termos de referência dos editais


Sessão Câmara de Irati 18/08/2014



Loading the player...

Vídeo: Sérgio Popo/Hoje Centro Sul
Atendendo as solicitações feitas pelos próprios vereadores, o secretário municipal de saúde, Anderson Sprada, fez uso da Tribuna Popular e esclareceu diversos rumores que estão correndo pela cidade, além de explanar brevemente sobre a pasta.

Estacionamento Regulamentado está em fase final de implantação

Publicado por Redação - terça-feira, 19 de agosto de 2014 | 04:58


A Prefeitura Municipal de Irati implementará a partir de setembro, o Estacionamento Regulamentado, denominado Estar, em nove ruas centrais do município. Com a lei em vigor, cada veículo poderá permanecer um tempo máximo de duas horas, após o término do período, não será permitida a troca de vaga por outra na mesma face da quadra.
A partir desta semana, agentes do Departamento de Trânsito de Irati (Iratran) irão para as ruas para orientar a população Iratiense, sobre as eventuais dúvidas a respeito do Estacionamento Regulamentado. Além disso, será distribuído um informativo com todas as orientações necessárias, para que em setembro o Estar passe a valer efetivamente.
Os cartões serão vendidos pelos Agentes de Trânsito, espalhados pelas ruas onde a regulamentação será aplicada. A fiscalização será realizada em nove ruas centrais: Carlos Thoms, XV de Julho, XV de Novembro, Coronel Grácia, Alfredo Bufren, Coronel Emilio Gomes, Munhoz da Rocha, Travessa Frei Jaime e Augusto Thomaz, sendo que o horário de fiscalização será de segunda à sexta-feira das 9h às 18h e no sábado da 9h às 13h. Aos domingos e feriados, ficará livre o uso das vagas sem a necessidade da utilização do cartão Estar.
Os cartões terão valores determinados a partir do tempo permitido. Um Cartão Estar de trinta minutos, custará R$0,50, um cartão Estar de sessenta minutos, custará R$1,00, e um cartão Estar de duas horas, custará R$2,00. Para cada veículo é dada uma tolerância de dez minutos do tempo em que parou no local para a cobrança do Estar.

Veículos irregulares
Será considerado estacionamento em desacordo com a legislação a utilização indevida das vagas destinadas ao Estacionamento Rotativo Regulamentado, incluindo: permanência do veículo além do período máximo autorizado; ausência de “Cartão de Estacionamento Regulamentado” ou afixação do mesmo pelo lado de fora do veículo; utilização do mesmo “Cartão de Estacionamento Regulamentado” por mais de uma vez; utilização de “Cartão de Estacionamento Regulamentado” com preenchimento incorreto, parcial ou em branco; utilização do “Cartão de Estacionamento Regulamentado” preenchido à lápis ou rasurado; transferência do veículo para outra vaga no mesmo quarteirão após o prazo máximo de estacionamento autorizado.
A utilização indevida das vagas destinadas ao Estar implicará na emissão de “Aviso de Irregularidade”. “Com esse aviso, a pessoa que recebeu a multa, pagará um valor de R$10,00, que será correspondente a dez horas de estacionamento. Se acaso o infrator não pagar o Aviso dentro de dez dias, será gerada uma multa prevista no Código Brasileiro de Trânsito. A infração é considerada leve, segundo o CBT, artigo 181, XVII, com a aplicação de três pontos na carteira e de um valor de R$53,00 para ser pago”, explica a diretora do Iratran, Eliana Soares.

Veículos Cadastrados
Os idosos e pessoas com algum tipo de deficiência terão vagas reservadas nos estacionamentos regulamentados, porém para utilizar esses espaços a pessoa tem que estar cadastrada. Se a pessoa estacionar irregularmente nesses locais, ela também será autuada.
A diretora do Iratran, Eliana Soares, destaca que o cadastro deverá ser realizado no departamento. “As credenciais da vaga de idoso deverão ser feitas aqui no Iratran. Esse cadastro, não tem custo nenhum e evitará transtornos. Com a credencial inserida no veículo, o idoso, ou o acompanhante, poderão estacionar em vagas mais próximas aos locais desejados, porém mesmo com esse cadastro, os portadores do documento, não terão gratuidade com o Estacionamento Regulamentado”, explica Eliana.

Veículos permitidos
O Estacionamento Regulamento valerá somente para veículos de porte pequeno até 1800kgAs motos terão o local próprio para o estacionamento, identificado através da pintura no chão e placas e serão livres de cobrança, mas terão um tempo máximo de duas horas de permanência no local. Além disso, a parada de caminhões é proibida. “É proibido carga e descarga. Qualquer caminhão que tiver lá ele pode ser autuado. Então caminhão não pode ser estacionado na vaga do Estar”, reitera Eliana.

Secom Prefeitura de Irati


Campeonato Amador de Futebol tem início

Publicado por Redação - segunda-feira, 18 de agosto de 2014 | 11:02


O primeiro jogo do Campeonato Amador de Futebol Copa Real Center ocorreu neste domingo (17), no Estádio Municipal Orestes Pallu, em Rio Azul, entre o “Independente”, de Rio Azul e o “Vila Maria” de Rebouças.

O Independente venceu o Vila Maria pelo placar de 1X0.




Antes do jogo, ocorreu um amistoso com integrantes da Radio Najuá,  além de membros do Legislativo e do Executivo de Rio Azul, além de convidados.



Participaram do amistoso o prefeito e o vice-prefeito de Rio Azul, Silvio Paulo Girardi e Professor Junior e ainda o prefeito, o chefe de gabinete e o Secretário de esportes de  Irati, Odilon Burgath, Peterson Salamao e Rony Surek.  

Mais informações na edição impressa do Hoje Centro Sul

Texto e fotos: Ciro Ivatiuk / Hoje Centro Sul






Os prefeitos de Irati e Rio Azul participaram do amistoso


O Vice-Prefeito de Rio Azul também participou do amistoso







































































Acidente na BR 153 faz vitima fatal

Publicado por Redação - domingo, 17 de agosto de 2014 | 23:08

Um grave acidente aconteceu neste domingo (17), por volta das 21h30, na BR 153, em Irati, proximidades do acesso ao bairro Riozinho. 

Houve a colisão entre um Fiat Palio e um Fiat Uno, com três vítimas, sendo uma delas fatal.

De acordo com relatos de testemunhas, o condutor do Palio não conseguiu fazer a curva, perdeu o controle da direção e atravessou a pista contrária, colidindo contra o Fiat Uno.



 A equipe do Corpo de Bombeiros prestou atendimento às vítimas 


De acordo com o Cabo Joaquim, do Corpo de Bombeiros, Edmilson Miguel de Souza, de 26 anos, passageiro do Palio, faleceu a caminho do hospital. A vítima estava no banco de trás do automóvel.
Mais informações na edição impressa do Hoje Centro Sul

Texto e fotos: Da Redação / Hoje Centro Sul














Últimas Notícias

Polícial

Clínica Odontológica

Política

Geral

Distribuidora de Bebidas

Saúde

Esportes

 
Support : JORNAL HOJE CENTRO SUL Rua Nossa Senhora de Fátima, no 661, Centro, Irati, Pr, ao lado da Escola de Inglês Influx CEP 84500-000 - Irati - PR Tel: (42) 3422-2461 hojecentrosul@hojecentrosul.com.br Expediente: de segunda à sexta das 8h às 17h
"hojecentrosul.com.br 2013 © Textos, fotos, artes e vídeos do Jornal Hoje Centro Sul estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. É expressamente proibido a reprodução do conteúdo do jornal (eletrônico ou impresso) em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa do Jornal Hoje Centro Sul. As regras têm como objetivo proteger o investimento que o Jornal Hoje Centro Sul faz na qualidade de seu jornalismo.."